Energias Renováveis

Empreendimentos Sustentáveis

Existem atualmente em torno de 500 mil domicílios na Amazônia sem acesso a energia elétrica. Destes, mais de 300 mil não poderão ser atendidos por extensão de linha, por estarem em locais distantes e isolados.

A forma mais frequente de atendimento da demanda de energia em comunidades isoladas na Amazônia são motogeradores a diesel, solução dispendiosa, barulhenta, que utiliza recursos naturais não renováveis e aumenta as emissões de dióxido de carbono.

É evidente a necessidade de se construir um novo modelo energético para a região que priorize a produção e a distribuição descentralizada de energia utilizando fontes renováveis, visando atender às necessidades locais e territoriais e que contemple a participação da população no seu planejamento, decisão e execução, possibilitando a elas protagonizarem experiências de Soberania Energética em seus territórios.

Nesta área, o núcleo promove experiências de geração de energias renováveis em comunidades isoladas, que atendam à demanda de consumo e contribuam para a dinamização da economia local.

Já foram instalados uma minicentral hidroelétrica, que atende 57 famílias na comunidade de Cachoeira de Aruã, no Assentamento Lago Grande, e mais de 50 kit solares fotovoltaicos nas comunidades de Maripá e Santi, na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns.

Projetos Relacionados